Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Rolim de Moura/RO Quatro anos de bênçãos da pastoral de adolescentes e coroinhas (PAC)

Deixai vir a mim as criancinhas, e não a impeçais, porque delas é o Reino dos Céus (Mt 19,14).

11 de Agosto de 2017

 

Solícita à vontade do Senhor, a Igreja Católica de Rolim de Moura/RO colhe os frutos de sua acolhida e abertura a esses pequeninos de Deus.

 

Tudo começou no ano de 2013, quando os Freis Carmelitas, recém chegados à Comunidade resolveram implantar, inicialmente, a Pastoral dos Coroinhas na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Naquele ano, com apenas 03 (três) meses de formação, vinte e duas crianças foram enviadas para servir como Coroinhas. Era a boa semente, plantada em terra fértil.

 

A partir dessa primeira turma, outras se sucederam nos anos de 2014 e 2015, sendo que no ano de 2016, além dos Coroinhas, foram formados e enviados também os primeiros Acólitos.

 

Já no ano de 2017, os números dão um sinal da grandeza desse trabalho de Pastoral. De fato, no último dia 05 de agosto, foram reenviados cerca de trinta Acólitos e mais de duzentos Coroinhas, bem como enviados 36 novos Acólitos e 98 novos Coroinhas, num total de mais de trezentas e cinqüenta crianças, adolescentes e jovens a serviço do Reino de Deus, através da Pastoral de Acólitos e Coroinhas, atuantes em quase todas as Comunidades da Paróquia, tanto na zona urbanas como na zona rural.

 

É com muito esforço e trabalho que hoje se pode apresentar esses números. Esforço e trabalho da coordenação das Comunidades, aliados aos esforços da Coordenação Paroquial e dos Freis Carmelitas.

 

Porém, se grande é o trabalho, maior é a satisfação de ver tantas crianças, adolescentes e jovens servindo com tanto amor e dedicação à Igreja, o que dá renovado ânimo àqueles diretamente envolvidos nos trabalhos, que vão desde os Encontros de Formação, Envio, Elaboração das Escalas e Acompanhamento dos Serviços em todas as Celebrações.

 

Não se pode, contudo, deixar de lembrar o apoio das famílias, sem o qual não seria possível dar andamento nesse trabalho, visto que são os primeiros incentivadores das crianças, adolescentes e jovens. Assim, há uma verdadeira troca de benefícios na interação entre família e PAC, pois desde os encontros de formação, eles são ensinados que o primeiro local de serviço a Deus deve ser prestado dentro de casa, sendo a Comunidade uma extensão daquela.

 

Por enquanto, o ponto culminante desta ação foi a celebração do último dia 05 de agosto quando a Igreja Matriz se tornou pequena em seu espaço para acolher os Coroinhas, Acólitos, padrinhos, familiares, coordenadores e Comunidades em geral, dando a certeza de que, para o Reino de Deus, nada do que é feito com amor é pequeno. E não estamos dizendo que a Pastoral dos Acólitos e Coroinhas seja grande apenas pela quantidade de pessoas que dela fazem parte, mas pelo amor e dedicação com que cada um dá a sua contribuição, ciente de estar sendo obediente à vontade do Senhor, de levar até Ele os seus pequeninos.

 

Cláudio Pereira


Pela Coordenação Paroquial da PAC.

 

 

Fonte: Frei Alexandre O. Carmelita. Rolim de Moura/RO

 

 

Outras Fotos

 

Netmidia - Soluções Digitais©2014 - Todos os direitos Reservados a Diocese de Ji-Paraná
Fone: (69) 3416-4203 / 3416-4210
Av. Marechal Rondon, 400 - Centro - Ji-Paraná / RO - CEP: 76900-036
E-mail: informatica@diocesedejiparana.org.br