1ª ROMARIA AO SANTUÁRIO DIOCESANO DE NOSSA SENHORA APARECIDA EM OURO PRETO DO OESTE

02 de Novembro de 2017

 

            O dia 08 de outubro de 2017 ficará na história do Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida em Ouro Preto do Oeste-RO, e na memória de todos os romeiros e romeiras que participaram da 1ª e grande Romaria Diocesana celebrando por ocasião do encerramento do Ano Mariano, no grande jubileu dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

 

            No período de fevereiro a setembro de 2017, a imagem de Nossa Senhora Aparecida peregrinou pelas23 paróquias da Diocese de Ji-Paraná, de Vilhena a Jaru, sendo acolhida e celebrada por milhares de pessoas por onde passou. A gratidão a Deus, por meio de Maria, foi manifestada pela expressão da fé e das graças alcançadas. No dia 30 de setembro, a imagem retornou ao Santuário, trazida pelos romeiros e romeiras da Paróquia Nossa Senhora da Guia de Vale do Paraíso.      

 

            Muitas mãos, corações e mentes, formando grandes equipes, se dedicaram para a realização da Romaria, que teve início às 14:00 horas, no Bosque Municipal, com acolhida e animação do Bispo Dom Bruno Pedron e do Reitor Padre José Natal Ferreira. Em vários pontos do percursoaté o santuário foram realizadas  nove apresentações – quadro vivos – referente às aparições de Nossa Senhora, e de alguns acontecimentos com a presença de Maria, iniciando-se com a história do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul, até a representação da dor de Maria aos pés da cruz, tudo preparado pelas paróquias participantes, com muito carinho e dedicação, oportunizando aos romeiros e romeiras momentos de expressão de fé e devoção à Mãe de Jesus e nossa.

 

            Na chegada ao pátio do Santuário, foi celebrada a Santa Missa, presidida por Dom Bruno Pedron, co-celebrada pelo Reitor Padre José Natal e demais padres das paróquias presentes.A participação dos milhares de devotos fez ressoar um grande coro de louvores a Deus, por Maria, aqui venerada como Nossa Senhora Aparecida, a mãe que escolheu a causa dos excluídos desta terra, escravos, pobres e marginalizados, para alimentar a esperança e fortalecer a luta pela libertação e salvação.

 

            Ao final, alguns grupos homenagearam a Mãe Aparecida, com cantos, representações, danças, e a linda coroação da imagem, que emocionou a todos.

 

            “Cremos ter sido e sempre ser este o verdadeiro sentido de nossa devoção a Maria: ser também o que nos move a caminhar em romaria, celebrando a fé e a vida, rezando, louvando e agradecendo a Deus, com os irmãos e irmãs, transmitindo alegria, sendo fermento, sal e luz. E, com Maria, pela Trindade, somos chamados a testemunhar a alegria do Evangelho”, disse José Aparecido de Oliveira, do Instituto Padre Ezequiel Ramin-IPER.

 

Fonte: Diocese de Ji Paraná

 

 

Netmidia - Soluções Digitais©2014 - Todos os direitos Reservados a Diocese de Ji-Paraná
Fone: (69) 3416-4203 / 3416-4210
Av. Marechal Rondon, 400 - Centro - Ji-Paraná / RO - CEP: 76900-036
E-mail: informatica@diocesedejiparana.org.br