Em preparação para o Sínodo, bispos e lideranças da Amazônia se reúnem em Belém

21 de Agosto de 2019

 

A Arquidiocese de Belém se prepara para receber nos próximos dias 28 a 30 de agosto o os bispos de toda a Amazônia Brasileira. Organizado pela Comissão Episcopal Especial para a Amazônia/CEA, com apoio da Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM-Brasil, a proposta do encontro, que será realizado no Centro de Espiritualidade Monte Tabor, da Arquidiocese de Belém, é o estudo do Documento de Trabalho do Sínodo, bem como partilha das experiências das escutas e da caminhada do processo sinodal nas dioceses e prelazias da Amazônia.

 

Coordenado pelo Cardeal Cláudio Hummes, presidente da CEA e da REPAM, e relator do Sínodo para a Amazônia, o encontro contará com a participação de todos os bispos titulares e auxiliares das 56 dioceses e prelazias da Amazônia Brasileira. Participam, também, leigas, leigos e religiosos, lideranças dos 6 regionais da CNBB que compõem a região, para contribuir com as vozes das realidades e na interlocução com os bispos.

 

Dom David Martinez de Aguirre Guiné, Bispo de Puerto Maldonado, no Peru, e Padre Michael Czerny, subsecretário da Seção Migrantes e Refugiados para o Serviço de Desenvolvimento Integral Humano, nomeados secretários do Sínodo para a Amazônia, estarão presentes no encontro de estudo. Além deles, Cristiane Murray, da secretaria do Sínodo e vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé, também participará. Alfredo Ferro, de Letícia, na Colômbia, da equipe de assessore da REPAM internacional e assessores da REPAM-Brasil auxiliam na realização do encontro. Essa é a última atividade antes do Sínodo, em outubro, que reunirá todos os bispos da Amazônia brasileira.

 

Sínodo para a Amazônia

O Sínodo para Amazônia é uma resposta do Papa Francisco à realidade da Pan-Amazônia. De acordo com Francisco, “o objetivo principal desta convocação é identificar novos caminhos para a evangelização daquela porção do Povo de Deus, especialmente dos indígenas, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno, também por causa da crise da Floresta Amazônica, pulmão de capital importância para nosso planeta. Que os novos Santos intercedam por este evento eclesial para que, no respeito da beleza da Criação, todos os povos da terra louvem a Deus, Senhor do universo, e por Ele iluminados, percorram caminhos de justiça e de paz”.  O Sínodo será realizado no Vaticano entre os dias 6 e 27 de outubro deste ano.

 

 

Fonte: Portal REPAM

 

 

Netmidia - Soluções Digitais©2014 - Todos os direitos Reservados a Diocese de Ji-Paraná
Fone: (69) 3416-4203 / 3416-4204
Av. Marechal Rondon, 400 - Centro - Ji-Paraná / RO - CEP: 76900-036
E-mail: informatica@diocesedejiparana.org.br