Nota de Falecimento: Dom Frei Moacyr Grechi – Bispo Emérito da Arquidiocese de Porto Velho

18 de Junho de 2019

 

Nota de Pesar:

“O último de todos e o servo de todos.” (cf. Mc 9,35)

 


NOTA DE PESAR


Cumprimos com pesar o doloroso dever de informar o falecimento de Dom Frei Moacyr Grechi, OSM, Arcebispo Emérito de Porto Velho, às 19h do dia 17 de junho, no hospital 9 de Julho, vítima de choque séptico, broncoaspiração.


Filho de Urivalde Grechi e de Eufêmia Pescador Grechi, nascido aos 19 de janeiro de 1936 em Turvo – SC, Dom Moacyr foi ordenado presbítero da Ordem dos Servos de Maria aos 29 de junho de 1961. Tendo sido nomeado Prelado do Acre e Purus em 1972, múnus que exerceu por pouco mais de um ano como presbítero, foi ordenado Bispo Titular de Vegesela da Numídia aos 21 de outubro de 1973. Ao ser erigida a Diocese de Rio Branco em 1986, foi nomeado seu primeiro Bispo. Em 29 de julho de 1998 foi nomeado Arcebispo de Porto Velho, cargo que exerceu até a aceitação de sua renúncia por idade aos 30 de novembro de 2011.

Durante seu ministério, Dom Moacyr sempre se mostrou preocupado com as causas sociais, com a vida dos pequenos e dos pobres. O que fez também a nível institucional, sendo um dos criadores da Comissão Pastoral da Terra (CPT), sendo seu presidente por oito anos,  e do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), atuando na defesa dos pequenos agricultores, dos indígenas, dos seringueiros e de muitos outros em situação de exclusão social.


Destaca-se outrossim o seu grande amor e incentivo às CEBs (Comunidades Eclesiais de Base), movido sempre pela profecia vinda do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo (cuja leitura costumava carinhosamente cobrar do povo), bem como um profundo amor pela Santíssima Mãe de Jesus. Durante o 12º Intereclesial das CEBs, foi o divulgador de um provérbio africano que diz: “Gente simples, fazendo coisas pequenas, em lugares pouco importantes, consegue mudanças extraordinárias”.


O velório será na Catedral Metropolitana de Porto Velho, a partir das 6 horas do dia 18, terça-feira. Durante o dia celebrar-se-á três Missas nos seguintes horários: 8 horas, meio dia e 18h15. A Santa Missa Exequial seguida de sepultamento será às 9 horas do dia 19, quarta-feira.
Dai-lhe, Senhor, o repouso eterno, e brilhe para ele a vossa luz!

 

Porto Velho, 17 de junho de 2019.

 

† Roque Paloschi

Arcebispo de Porto Velho

 

Pe. Marcelo Moschini Daudt

Chanceler

 

 

Fonte: Arquidiocese de Porto Velho

 

 

Netmidia - Soluções Digitais©2014 - Todos os direitos Reservados a Diocese de Ji-Paraná
Fone: (69) 3416-4203 / 3416-4204
Av. Marechal Rondon, 400 - Centro - Ji-Paraná / RO - CEP: 76900-036
E-mail: informatica@diocesedejiparana.org.br